segunda-feira, 17 de agosto de 2015

O Sonho de Laura Dekker. As lições de uma menina de 14 anos que, sozinha, deu a volta ao mundo em um veleiro !

Laura Dekker , nascida em 1995  na Nova Zelândia e criada pelo pai na Holanda, sempre conviveu com o mar. Passou seus dois primeiros anos praticamente naquele ambiente, velejando com a família, apesar da sua mãe detestar aquele tipo de vida. Desde pequena, incentivada pelo pai navegador, ganhou seu primeiro barco, um minúsculo "Optimist " aos seis anos de idade, já com os pais divorciados. E todos os barcos que passou a ter a partir dai, se chamaram "Guppy".(nome de um pequeno peixe)

 No verão de 2006, após assistir seu pai em uma torneio de vela  de 24 horas, ela recebeu a permissão do proprietário da embarcação para a emprestá-lo para uso pessoal, em troca de limpeza e manutenção.  Navegando com ele muitas vezes, ela batizou este barco também com o nome "Guppy". No verão de 2007, ela levou-o em  mais uma  ambiciosa turnê de vela de 6 semanas no Mar de Wadden , acompanhada de seu cão Spot. 


Durante o inverno seguinte, ela procurou seu próprio barco modelo "Hurley 700", e comprou um com um empréstimo de seu pai. Este barco também foi batizado de Guppy, e ela passou todas as férias de verão do ano de 2008  a bordo, navegando em torno da Holanda.  

Durante o ano letivo seguinte, ela começou a preparar-se e a  "Guppy" para navegação livre oceânica , com o objetivo de uma rodada a turnê mundial. Em março, seu pai lhe disse para ganhar alguma experiência com o mar aberto numa primeira viagem para a Inglaterra. Esta foi a intenção de desencorajá-la;  as correntes fortes, o mau tempo, e navios de transporte pesados,  tornam o canal inglês notoriamente difícil para veleiros. 

Mas não foi isso que aconteceu !


Ela passou as próximos oito semanas se preparando e "Guppy" para essa viagem. Numa noite de sexta feira ela navegou longe sem especificar um destino para seu pai.
 

As autoridades locais solicitaram a seu pai para busca la e acompanha-la em sua viagem de retorno.  Seu pai respondeu que ela poderia navegar de volta sozinha.  As autoridades locais a colocaram em um lar de crianças até que ele veio para recuperá-la. Ele retornou a seu barco e voltou para casa sozinho.


Ela deixou a Inglaterra na segunda-feira 11 de maio com um vento forte, e  desta vez , a viagem de volta foi muito mais rápido, atingindo Rotterdam, a capital da Holanda, na manhã do dia 12 e chegar em casa naquela noite. 



Planos para uma circunavegação do globo

Em agosto de 2009, Laura Dekeer anunciou seu plano, a um jornal holandês,  para uma viagem de dois anos em navegação vela solo ao redor do globo. Seu pai apoiou  seus planos desde o inicio, apesar de todas críticas de vários meios da imprensa.e autoridades locais

 
Ai começaram seus problemas com as autoridades locais que eram formalmente contra uma criança de 14 anos navegar sozinha ao redor do globo, mesmo com a anuência de seu pai. Depois de passar por várias ações civis públicas, desaparecimentos, problemas coma a policia, custódias compartilhadas com o Estado, e após ampla atenção e cobertura internacionais, finalmente Laura obteve a permissão judicial de fazer sua viagem ao redor do globo

Para realizar seu intento, Laura usou um  veleiro relativamente pequeno de dois mastros e que estava em ruínas quando compraram por um preço que puderam pagar. Trabalharam nele por meses, ela e seu pai, na reconstrução e na equipagem do barco.

Até que em agosto de 2010,  depois de muito planejamento minucioso e mitas batalhas com as autoridades, finalmente o "Guppy " começou sua travessia Oceânica  e que durou exatamente 44.000 Km e 519  dias sozinha no mar e algumas passagens aportada em  terra nos translados da sua magnífica viagem , onde fez muitas boas amizades com outros navegadores.
 Atravessou 3 oceanos  (Atlântico, Pacifico , Indico e Atlântico Sul)  e aportou no Caribe na ilha de St Maarten  em 21 de janeiro de 2012 . Enfrentou o cabo das Tormentas, ondas enormes, recifes perigosos, a solidão, tempestades, calmarias sem progresso, e toda sorte de vivências existenciais e sensoriais. 

Ai terminou sua viagem e  começou sua vida de navegadora independente.Um sonho foi realizado para o inicio de muitos outros.
Foi a pessoa mais jovem a cruzar o mundo sozinha em um veleiro pequeno.

E perguntas ficam pra reflexão do leitor :

"Se Laura Dekker não tivesse insistido em seu sonho , ela iria ter um propósito de vida verdadeiro ?"

"Será que se tivesse desistido na primeira dificuldade, atualmente seria uma pessoa realizada e feliz consigo mesma?"
"Teria valido a pena dedicar anos de sua vida de infância e adolescência no preparo e no planejamento de seu objetivo final? "


 Fontes :  https://en.wikipedia.org/wiki/Laura_Dekker 
Documentário Netflix  

As frases que destaquei no documentário que assisti de Laura Dekker no Netflix :

" Antes as pessoas falavam que eu iria afundar. Agora , depois que cheguei, dizem que sempre acreditaram em mim. É de dar risada"
" Na Europa, todos só pensam em dinheiro e ter sua casa própria , uma família feliz, um bom carro e morrer numa vida comum " 
" Acho que  a verdadeira liberdade é quando não estamos apegados a nada"
" Não tenho mais lar. Meu lar agora é Guppy e o mar"
" Quando atravessei o Cabo da Boa Esperança, perdi o medo das tempestades e ondas gigantes. Estava apenas focada no meu objetivo "

Na vida,  assim se repete, Ou você insiste em seus sonhos, ou seus sonhos serão apenas lembranças não realizadas de seu destino !.

E porquê eu quis contar esta história em um BLOG de Finanças e Coaching  ??

Para entender uma coisa:

" O dinheiro será apenas um meio para você realizar seus verdadeiros sonhos. Dinheiro sem sonhos realizados não tem qualquer significado. A viagem de Laura Dekker não poderia ter sido realizada se não fosse o dinheiro que ela e seu pai  pouparam ao longo da vida. Mas não basta sonhar e ter o dinheiro. 
Para colocar seus sonhos em prática, é preciso muito planejamento e detalhamento de todos os passos com metas mensuráveis e realistas, nunca desistir nas dificuldades, enfrentar o medo, ir em frente mesmo nas calmarias e principalmente: FOCAR  NO SEU OBJETIVO como bem disse Laura Dekker."
 Espero que tenham se inspirado
Até mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço muito sua colaboração ..Muito obrigado